17 de novembro de 2008

"Paisagem"

"Passavam pelo ar aves repentinas,
O cheiro da terra era fundo e amargo,
E ao longe as cavalgadas do mar largo,
Sacudiam na areia as suas crinas."

Sophia de Mello Breyner, in Poema "Paisagem"

12 de novembro de 2008

Kirsh de Queijo com Bacon e Champignons




Massa Areada:
250 g. Farinha
125 g. Manteiga ou margarina
120 g. Açúcar
1 Ovo inteiro
Sal qb

Peneire (misture) a farinha com o açúcar sobre a banca da cozinha. Faça um monte e no meio deste uma cova. Dentro dela deite o ovo inteiro e uma pitada de sal. Mexa ligeiramente em círculo (meta a mão). Junte a manteiga ou margarina cortada aos pedacinhos e trabalhe a massa em areia. Faça uma bola, tape com um pano e deixe repousar durante 1 hora. Estenda a massa e aplique à tarteira.

Dica: Esta massa não é estendível com rolo. Deve ser aplicada à mão, espalmando pequenos pedaços de cada vez, que vão sendo juntos na forma até a forrarem completamente. Se necessário calcam-se ligeiramente, já colocados na forma, de forma a ganharem o contorno desta.
A forma deve ser previamente untada com margarina e polvilhada de farinha.


Recheio:
350g de queijo fundido
1 Pacote de natas frescas
1 Ovo inteiro
1 Lata de champignons 230 g.
150 g de Bacon fatiado
Azeitonas descaroçadas qb

Derreter, no micro ondas, 350g de queijo fundido (tipo fatias de Flamenguito - mais ou menos 20 fatias) com um pacote de natas. Levar ao microondas por varias vezes e pouco tempo de cada vez, mexendo sempre entre cada uma delas.

Quando estiver liquido juntar com cuidado um ovo inteiro previamente batido mexendo sempre para não cozer.

Juntar 1 lata de champignons laminados previamente escorridos (pequena - 230g) e o bacon fatiado cortado aos quadrados pequenos.

Deitar o recheio sobre a massa enformada. Enterrar as azeitonas no recheio a gosto.
Levar ao forno a 150º-160º e controlar (45 minutos).

Dica: Colocar as fatias de queijo num recipiente que vá ao micro-ondas juntamente com as natas. Marcar 40”. Mexer tentando fragmentar o queijo e envolvê-lo/derretê-lo nas natas. Repetir a operação 3 a 4 vezes. Aos poucos vai obtendo uma massa cremosa fácil de mexer. Nessa altura incorporar os restantes ingredientes começando pelo ovo batido. Pode aumentar a receita com mais natas, a gosto, ou mais um ovo. Gostando pode temperar com um pouco de pimenta moída na hora. Acompanhar com uma boa salada de alfaces variadas com coentros temperada com uma vinagreta.

10 de novembro de 2008

Republicanos versus Democratas

"Como mostra um estudo de 2004 do politólogo Larry Bartels, um efeito recorrente e sistemático da estadia de presidentes republicanos na Casa Branca é que, durante esses períodos, o rendimento das famílias cresceu tanto mais quanto mais elevado ele já era, com os 20 por cento mais pobres a serem os menos beneficiados e os rendimentos dos 5 por cento mais ricos a serem os que mais crescem. Pelo contrário, sob presidentes democratas, o padrão é muito mais equilibrado e, curiosamente, em comparação com presidentes republicanos, de crescimento superior para todos os escalões de rendimento, com a única excepção dos 5 por cento mais ricos."

Pedro Magalhães, in Publico

8 de novembro de 2008

Mão canhestra

Alan Greenspan acreditou nisto!!!

"Apesar do seu egoísmo e rapacidade, embora pensem apenas nos seus próprios interesses, embora o único fim que se propõem alcançar a partir de milhares de empregados ao seu serviço seja a gratificação dos seus próprios desejos vãos e insaciáveis, os ricos partilham com os pobres o produto de todos os seus progressos. São guiados por uma mão invisível que os leva a fazer uma distribuição dos bens necessários à vida praticamente equivalente à que teria sido feita se a terra tivesse sido dividida por todos os seus habitantes em partes iguais, e assim, sem o pretenderem ou sem que o saibam, promover o interesse da sociedade, e proporcionar os meios para a multiplicação da espécie."

Adam Smith, in 'A Riqueza das Nações'

7 de novembro de 2008

Tapenade com ovos de codorniz escalfados (receita de José Avillez)


Experimente esta deliciosa entrada, receita do Chefe José Avillez.

Eu utilizei mini tostas como base. Uma delicia para quem gosta de paladares contrastados.

Para a Tapenade:
150 g de azeitonas pretas sem caroço
50 g de anchovas
30 g de alcaparras
15 g de alho picado
Sumo de limão q.b.
Azeite extra-virgem q.b.
Pimenta q.b.
Ervas picadas como orégãos ou manjericão q.b.

Num copo misturador, triture as azeitonas, as anchovas, as alcaparras e o alho até ficar fácil de barrar, mas ainda com alguns pedaços.
Junte cuidadosamente o sumo de limão e o azeite a gosto sem triturar demasiado. A tapenade deve ter textura.
Rectifique os temperos com pimenta, mais sumo de limão e azeite. Termine com as ervas.
Utilize imediatamente ou cubra bem com película, directamente sobre a superfície da tapenade e refrigere até 3 dias. Também pode congelar durante 2 a 3 semanas.

Escalfe 12 ovos de codorniz numa panela com água a 82ºC.
Abra-os cuidadosamente para uma taça com vinagre. Antes de pôr os ovos na água mexa-a um pouco, em movimento circular, para que os ovos ganhem a forma correcta. Vá deitando os ovos um a um. Depois da clara estar cozida (1m.) retire-os com uma escumadeira e coloque-os em água gelada.

Sirva a gosto em mini tostas, colocando uma porção de tapenade e um ovo escalfado em cada uma.

Facultativo: Polvilhe os ovos com um pouco de flor de sal.

Ana Moura - O Fado da Procura * * * * *

5 de novembro de 2008

Salário Mínimo Nacional – Dados para 2009

Salário Mínimo para 2009 – 450€

Aumento do Salário Mínimo – 24€ (5,6%)

Número de trabalhadores abrangidos – 365 mil (em 2008 são menos…)

Percentagem de trabalhadores, a trabalhar em tempo completo, que são abrangidos – 17%

Impacto nas remunerações de base das empresas – 0,23%

Impacto nos custos salariais das empresas – 0,4%

4 de novembro de 2008