28 de janeiro de 2014

A despedida de São Paulo está para breve e, por isso, queimam-se os últimos cartuchos. 
A oferta da cidade para o turista não é entusiasmante. Com alguma sorte nas datas apanha-se um ou outro evento que vale a pena, assim como algumas visitas que são obrigatórias. 
A revista Veja aconselha vários programas, mas, sejamos sinceros!, numa cidade onde as distâncias são enormes e as deslocações ficam caras, muitos deles não se justificam.

No sábado aproveitámos para ir beber um copo ao Tom Jazz, um clube de boa música onde fomos assistir à apresentação do novo CD de MPB "Estamos aí", do grupo "Os Cariocas". 



Foi um noite de romagem à MPB, com muito boa música, num ambiente caloroso onde também ouvimos boas histórias de saudade dos grandes intérpretes do início da MPB.   



Ontem foi a vez de irmos ver o pôr do sol do Terraço Itália, onde acabámos por passar a noite, motivados pela esmagadora vista da cidade e por um bom jazz tocado ao vivo. O Edifício Itália foi inaugurado em 1965, é o segundo mais alto de SP com 165 metros de altura, 46 andares e 19 elevadores.  




Fotos retiradas da Internet

São Paulo capricha na noite, e aí, de facto, parece nada faltar. Esta visita eu recomendo!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sujeito a moderação de comentários.