7 de março de 2015

Baklava

Da minha anterior visita à Turquia a recordação das pastelarias da Avenida Istiklal, em Istambul, é uma das mais impressivas. As cores e aromas das imensas variedades de belas Baklavas, em exposição em vitrines enormes, são um chamariz para os gulosos. Talvez por isso tenha exagerado de tal maneira nas provas que, ao fim de poucos dias, deixei de comer Baklavas e não mais lhes toquei até ao dia de regresso.

A Baklava é um doce feito à base de folhas de massa muito fina (tipo filo) recheadas com frutos secos, o mais comum dos quais a pasta de nozes. Também é muito utilizado o pistache, a avelã e vários tipos de sementes. Depois de ir ao forno é vulgarmente regado com xarope de açúcar muitas vezes enriquecido com mel. Resulta num bolo bastante doce e gordo, não fosse a massa abundantemente barrada com manteiga.


Como me tinham sobrado bastantes folhas de massa filo, de uma outra preparação, resolvi aproveitá-las. Esta é uma das receitas possíveis. Mantendo as bases a imaginação é o limite.

Calda
150g de açúcar
2 colheres de sopa de mel
3dl água
sumo de meio limão

Leve ao lume o açúcar, o mel e a água até ferver por 5 minutos. Retire do lume e junte o sumo do limão. Reserve.

Ingredientes da Massa
20 folhas de massa filo à temperatura ambiente
200 a 240g de manteiga derretida
280g de nozes (amêndoas, avelãs ou misturas, moídas grossas)
45g de açúcar
30ml de água (eventualmente aromatizada)
Preaqueça o forno 200° C.
Misture a nozes com o açúcar e a água até formar uma pasta. Reserve.
Utilize um tabuleiro onde caibam as folhas da massa ou corte-as à medida. Coloque folha por folha de massa (10) e vá untando de manteiga, uma a uma, com um pincel.
Depois de colocadas 10 folhas espalhe por cima o recheio de nozes.
Cubra com as restantes dez folhas de massa, sempre untando de manteiga uma a uma.
Depois de completado o processo corte cuidadosamente em losangos ou quadrados.
Leve ao forno por ±25 minutos.


Quando a massa tiver obtido a tonalidade loura desejada retire do forno  e, com uma colher grande,  regue  uniformemente com toda a calda fria. As Baklavas ficam brilhantes e crocantes. Podem ser enfeitadas a gosto. Deixe arrefecer. Está pronto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sujeito a moderação de comentários.