8 de junho de 2010

Bobó de Camarão

O Bobó de camarão é um prato afro-brasileiro muitíssimo vulgar em terras baianas e que já se vai encontrando por cá com alguma frequência. Consiste num creme de mandioca, também conhecido como aipim, com camarão fresco, leite de coco, azeite de palma (dendê) e, nalgumas versões, amendoim e castanha do Pará (dita castanha do Brasil) torrados e moídos. Esta receita foi obtida depois de uma pesquisa por blogs brasileiros de gastronomia e respectivo balanço conclusivo. Experimentei esta versão que me pareceu simples e que resultou bem. Os portugueses não estão habituados ao gosto da mandioca e do dendê mas, posso assegurar-vos, neste prato resulta excelente.

           


Ingredientes 
2kg de camarão
1kg de mandioca (metade do peso do camarão)
3 Chalotas picadas
4 Colheres de sopa de azeite
500g tomate sem pele nem sementes cortado aos pedaços
2 Colheres (sopa) de coentros picados
1 Lata de leite de coco
2 Colheres de sopa de óleo de palma
Sal e pimenta q.b.

Preparação
Descascar os camarões e reservar. Fazer um caldo aromático com as cascas e cabeças.
Descascar a mandioca retirando a fibra e cozer no caldo aromático de camarão.
Bater a mandioca no liquidificador ou com a varinha mágica, juntando um pouco de caldo de camarão até ficar uma textura cremosa (± uma chávena de caldo para cada quilo de mandioca). Ter em atenção que a massa de mandioca é muito densa, podendo ser difícil de bater no liquidificador; deve fazer-se em pequenas quantidades de cada vez. Reservar a massa de mandioca.
Num tacho alourar a chalota com o azeite. Juntar o tomate e refogar bem. Acrescentar os camarões e os coentros. Temperar com sal e pimenta. Cozinhar em lume brando até que os camarões estejam cozidos. 
Juntar a massa de mandioca, o leite de coco e o óleo de palma. Cozinhar mexendo sempre até que levante fervura. Deve ficar cremoso mas não em demasia. Se necessário juntar um pouco mais de caldo (ou leite de coco, a gosto) até atingir a consistência desejada. Rectificar temperos.
Servir bem quente com arroz branco.

3 comentários:

  1. Não há por aí nada sobre a Casquinha de Siri?

    ResponderEliminar
  2. Olá Pedro, está tudo bem aí em casa?

    E onde é que se arranja o Siri?

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Está tudo bem, obrigado.

    Tanto quanto sei, não há siri deste lado do Atlântico, mas acredito que é possível obter resultados tão bons ou melhores com os ingredientes disponíveis por cá.

    ResponderEliminar

Sujeito a moderação de comentários.